Marília Pêra deixa a dramaturgia brasileira órfã

marilia-peraAtriz morre neste sábado, 5, deixando a dramaturgia brasileira sem sua presença de proa. A grande protagonista de tantas cenas antológicas no teatro, nas telas de cinema e televisão se vai. A arte chora. A cultura entristece. A literatura encenada fica em profunda tristeza.

A elegância da vida e na arte se esvai. O convívio com Marília Pêra nas telas e no teatro não mais será o mesmo.

Nas redes sociais, atores, diretores e apresentadores lamentaram. Marília Pêra fazia parte importante na novela da Vida.

Seu sorriso cativante ficará em nossas memórias. Essa luz e talento que foi Marília Pêra deixou ao desemparo a arte brasileira. Marília Pêra saiu de cena muito cedo.

Marilia era um fenômeno artístico, de delicadeza e humor. Ela conseguia passar isso em qualquer personagem que encenasse.

Marília era uma das artistas mais completas do Brasil: além de interpretar, era cantora, bailarina, diretora, produtora e coreógrafa. Trabalhou em mais de 50 peças, quase 30 filmes e cerca de 40 novelas, minisséries e programas de televisão.

Que os deuses e deusas das Artes a recebam com um amoroso abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s